Bruxas - Contos Eróticos

Histórias eróticas para mulheres livres. Se inspire e desperte a sua imaginação para sentir na intensidade que você deseja. Contos para gozar, se deleitar. Na vida, no quarto e na cama.

Clara e Ana foram fazer um ritual na casa de Ste - uma taróloga e bruxa de carteirinha. Elas são esperavam que o ritual de lua nova virasse outra coisa... 

 

Estávamos na sala, tomando um vinho. Já namorava a Lari há 3 anos e nunca ia me cansar com o cheiro maravilhoso daquela mulher - e como ela me elogiava.

- Nossa, eu amo essa saia em você.

- Por isso que vesti ela. Olha, minha choker me deixa super gótica, hahaha. 

- Tem certeza que você não se vestiu pra agradar a Sté?

- Eu não sei porque você acha que ela tem um crush em mim, amor. Eu senti que ela tava de olho em você. Ela ficou muito contigo quando estava fazendo sua leitura. 

- Sim, eu fiquei bem impressionada com o que ela falou. Eu realmente tive que fazer cirurgia.

- Sim. Foi bizarro. Você se sente melhor hoje?

- Sim. Acho que tô menos estressada sobre minha recuperação. As coisas parecem mais atingíveis agora. E quando ela falou que você é mais água que terra?

- Eu disse que você ia gostar dela, hahaha.

- Eu não acredito que ela é casada com um cara. Ela tem 100% vibe de sapa. Ela é gata demais.

- Para de estereotipar a garota. 

Tomamos o vinho e nos abraçamos no sofá. 

- Quando ela nos chamou pra a cerimônia de lua nova, você sentiu uma vibe de chamar pra um encontro do que uma sessão de cura? 

- Cara, sim. 

- Né?

- Vamos ver. Você acha que vai ter algum sacrifício?

- Tipo de virgens? Acho que a gente não se qualifica.

- Hahaha, para de ser palhaça, amor. Escuta, se a Ste quiser, eu iria nela fácil. E você?

- Iria também. Você tá falando sério?

- Tô. 

Eu estava meio nervosa - a Ste tinha falado pra gente que nessa lua nova viriam algumas pessoas. Mas algo me conhecia que seríamos nós três - e isso me dava um tesão do cacete. Sentia que a Ana também tava assim. 

Dirigimos na escuridão para casa dela. Lá estava seu número. Demos a mãos e um breve beijo antes de tocar na campainha. 

- Oi! 

- Ah, oi Sté! Nossa, tá quentinho aí, que delícia. Fomos as primeiras a chegar?

- Não, na verdade a Tânia veio e passou mal, voltou pra casa. Eu ia até cancelar. Ainda bem que não cancelei! Como estão suas costas, Clara?

- Tão bem melhores. Obrigada por perguntar. Nós duas estávamos falando que sua leitura foi muito precisa.

- Isso acontece às vezes, haha. Que bom que te ajudou. Vocês duas são um casal mega especial. Eu sei como vocês são honestas uma com a outra. Posso pegar um chá pra vocês?

- Claro, por favor. 

- Vocês querem de rosa, lavanda? Tenho de artemísia e alecrim também...

- Nós bebemos o que você tiver, haha, confiamos em você. 

A bebida veio quentinha em uma xícara azul vintage. A casa dela era toda meio antiga e com um ar confortável. Nossa, que chá incrível. 

- Cara, isso tá incrível. O que tem aqui?

- É um blend de lavanda, rosas e menta. Medicina da horta. 

Uma gatinha preta chegou perto da gente, se arrastando nas nossas pernas.

- Ah, essa é a Vênus. Ela é super tímida, mas ela curtiu você, Clara. 

- Também te adorei, Vênus. 

- Como vai ser o ritual? - perguntou Ana, fazendo carinho na gatinha. 

- Bom, a lua nova é a hora de fazer as coisas andarem. Então vamos fazer uma manifestação, que é quando plantamos nossas intenções. Aqui, esse aqui é um quartzo rosa - para o auto amor. Esmeraldas, para inspirar nosso pensamento criativo e abrir o chakra do coração. 

- Que lindas!

- E aqui, selenitas. Elas nos ajudam a apreciar a beleza e abundância. São super poderosas. Eu quero agora que vocês segurem os cristais enquanto elevam os pensamentos e pensem nas coisas que vocês querem. Vou desligar as luzes. 

As luzes de velas faziam sombras nos nossos rostos, dando aquele ar todo intimista. 

- Como vocês vieram me procurar com uma parceira, eu quero centrar nossa intenção nisso. Quero que pensemos em intimidade, no relacionamento de vocês. 

- Sim, parece ótimo. 

- Eu sinto que vocês tem uma afeição incrível. Como um contato de outras vidas. Ver pessoas como vocês, olhando uma à outra, sabendo o que a outra está pensando... é tão lindo. 

- Eu sinto que nós três conseguimos nos sentir agora - comentou Ana. Safada. 

- Tem uma sincronicidade entre nós três sim. Uma conexão. Eu senti esse poder no dia que nos conhecemos. 

- A gente teve a mesma impressão de você - falei. 

- A gente queria logo ficar contigo, hahaha. 

- Então porque vocês não me mostram? 

Eu não pensei duas vezes. Cruzei a sala e beijei a Ste. Abri o olho rápido e vi a Ana piscando. A Ana cruzou a sala, e enquanto eu beijava a Ste, começou a massagear os seios dela por cima do vestido.

- Como você gosta de ser tocada? - perguntei. 

- Quero que Ana me coma por trás enquanto você me beija. 

A Ana molhou os dedos com a mão e abriu as pernas da Ste, enquanto eu não parava de beijá-la. De fazer carinho. De olhar no fundo dos olhos dela, dilatados de prazer. Senti seu gemido enquanto a Ana comia ela com os dedos e beijava o seu pescoço - a luz da lua nos iluminava. 

- Por favor... - ela pedia.

Eu coloquei meu dedos no seu clitóris e mexia suavemente em círculos, enquanto Ana a dedava com vontade. Senti que ela ia cair, mas nós duas a seguramos. Naquele momento, senti que nós três éramos só uma pessoa. Só um sentimento. 

- Ahhh! 

Ste gozou com força no dedo da Ana e eu senti sua buceta tremer na minha mão. A beijei com força. A Ana me olhava com aquele olhar selvagem que eu tanto amava. 

- Vocês são sempre bem vindas aqui...

 

Conto sexual traduzido livremente de podcast publicado originalmente no Dipsea. Escute o áudio original.

...

Somos Lilit. Uma das primeiras marcas brasileiras a desenvolver seus próprios vibradores como devem ser: criados por quem usa.

Conheça o Bullet Lilit, seu (novo) primeiro vibrador.

1 comentário

Não gostei.

Edeilza 18 fevereiro, 2021

Deixe o seu comentário

Todos os comentários são revisados antes da publicação.

Comprar

O QUE ELAS DIZEM SOBRE O BULLET LILIT?

Entrega super rápida, embalagem cuidadosamente produzida, um cheirinho delicioso e um produto surpreende, já tive outros vibradores, mas nenhum com esse cuidado no acabamento, uma textura delicada, simplesmente PERFEITO! Já sou fã de carteirinha, até comprei um para minha melhor amiga.

Avaliação Anônima