Depois do Trabalho II - Contos Eróticos

Histórias eróticas para mulheres livres. Se inspire e desperte a sua imaginação para sentir na intensidade que você deseja. Contos para gozar, se deleitar. Na vida, no quarto e na cama.

Ela estava ficando famosa por seus quadros, os retratos dos amigos dela, todos em neon com sombras. Ela ter tido o lançamento naquela galeria foi um verdadeiro acontecimento. Eu fiquei no fundo da aglomeração na minha frente tentando enxergar os quadros. Eles me cativaram por sua peculiaridade - e ao mesmo, familiaridade.

Eu estava bem indeciso se iria. Mas eu queria muito ver ela fora de casa. Eu não podia ter nenhum sentimento pela babá dos meus filhos. O quão clichê é isso? Ao menos, fora de casa, eu poderia saber se meus sentimentos por ela eram reais ou eram fantasia. 

- Oi! Você veio!

- Sim! Eu tinha um cliente que está  tocando aqui do lado. Então eu viria pra esses lados. Eu queria comprar um desses quadros - eles são incríveis!

- Você não precisa falar isso, fala sério, você não quer comprar...

- Claro que quero! Eu agora só estou decidindo se tá tudo bem eu virar um pai cheio de quadros nus em casa. 

- Hahaha, você pode ser esse pai? Brincadeira. Obrigada por vir. Significa muito.

- Claro, que isso. É ótimo estar aqui. 

Ela me disse adeus com a mão no meu ombro e saiu, com o som dos seus saltos ecoando no chão. Vi ela olhando de soslaio para mim. Lembrei dela saindo do escritório, depois que transamos em cima dela. Eu tinha que parar de ser ridículo... 

- Nossa. É original? Um Tanya? 

- Sim, você conhece ela?

- Óbvio! O trabalho com cor dela é insano!

- Esse é meu período favorito dela. O do branco. 

- Sim, o meu também...

- Eu trabalho com ela, sabia?

- Mentira! Sério?

- Sim! Ela deveria ir na sua exibição.

- Você não precisa...

- Sério, não é nenhum problema. Ela deveria te conhecer!

- Sim, deveria, haha. 

Ela falava coisas assim e me deixava sem jeito. Louco por ela. Eu nunca mais tinha saído com ninguém depois da minha separação, e não sabia se flertar era assim hoje em dia.

Parei com o flashback na minha cabeça no momento que veio o garçom com uma bebida na minha frente. Eu não queria que aquele fosse nosso último encontro. Coloquei a mão no ombro dela. 

- Escuta, sobre a arte, é sério. Realmente quero comprar. 

- Então faz o seguinte: me encontra no Hotel Nabu, amanhã, de tarde. Quarto 408, que negociamos em um ambiente mais quieto. Vou estar te esperando. 

Como ela era direta e como isso me dava tesão, puta que pariu. No dia seguinte eu já estava pronto - tinha saído mais cedo do trabalho para ir direto ao seu encontro. Quando toquei a campainha, ela abriu com o roupão no corpo. 

- Entra. Já venho. - e entrou no banheiro.

Eu comecei a ficar nervoso e por um momento, pensei em dar uma desculpa e ir embora. Mas foi só abrir minha boca que ela apareceu na frente, completamente nua. 

- Podemos negociar o quadro. Mas tem que ser na cama. 

- O que você quer que eu faça? 

- Quero que me chupe. Me lambe toda. E aí vou pensar no seu caso. 

Ela deitou e abriu as pernas, rindo levemente. Não pensei duas vezes. Devorei sua buceta com meus lábios, lambendo toda a parte externa levemente e colocando os dedos no seu clitóris, massageando em círculos. Ela gemia alto, enquanto ia pedindo e me instruindo. Senti sua vulva pulsar na minha cara e o orgasmo vindo enquanto sua voz ia ficando mais alta, e comecei a dedar sua vagina. Senti um líquido transparente jorrando na minha barba. Caralho. 

- Muito bem. Acho que tá merecendo o quadro e mais dois encontros...

- Mais três, se você quiser. Se me quiser.

- Acho que ficou claro que eu quero... 

 

Fim.

 

 

Tradução livre de podcast publicado originalmente no Dipsea. Escute o áudio original.

Foto Wilhelm Gunkel 

...

Somos Lilit. Uma das primeiras marcas brasileiras a desenvolver seus próprios vibradores como devem ser: criados por quem usa.

Conheça o Bullet Lilit, seu (novo) primeiro vibrador.

1 comentário

Nossa…que tudo

Girlene 27 janeiro, 2021

Deixe o seu comentário

Todos os comentários são revisados antes da publicação.

Comprar

O QUE ELAS DIZEM SOBRE O BULLET LILIT?

Entrega super rápida, embalagem cuidadosamente produzida, um cheirinho delicioso e um produto surpreende, já tive outros vibradores, mas nenhum com esse cuidado no acabamento, uma textura delicada, simplesmente PERFEITO! Já sou fã de carteirinha, até comprei um para minha melhor amiga.

Avaliação Anônima