Conto erótico: a arte das histórias pornográficas

Contos eróticos sempre fizeram parte da humanidade.

Quem nunca teve aquele sonho erótico? Aquela fantasia ao olhar para uma pessoa maravilhosa, aquele tesão incontrolável ao lembrar de um desejo reprimido? Nós somos seres complexos que vivem de sonhos, desejos, tesão e fantasias. Temos a incrível capacidade de nos transportar para um lugar de imagens eróticas, que fluem no seu cérebro espontaneamente.  As histórias eróticas saem naturalmente de nossas mentes 

É comum procurarmos histórias escritas e grupos de amigos para trocarmos nossas experiências sexuais. Muitas vezes, não nos sentimos confortáveis de contar detalhes sobre a nossa vida sexual para os nossos parceiros, mas nos sentimos à vontade para falar sobre desejos, sexo, vibradores e tesões com completos desconhecidos na internet. E é por isso que trazemos os contos eróticos para a mesa. 

Não existe fantasia padrão. Não existe fantasia "normal". Nós somos expostas a narrativa de que tudo que for além do que sexo “aceitável” deve nos envergonhar ou devemos esconder para evitar julgamentos. Tá tudo bem curtir histórias eróticas.

Ache a linguagem certa para escrever seu conto erótico

A narrativa em primeira pessoa ajuda o leitor a fazer uma imersão no universo particular da personagem. Quando você estiver escrevendo, você vai se sentir no lugar do personagem. 

Evite o excesso de palavrões e palavras muito chulas. É claro, estamos escrevendo um conto erótico, queremos trazer o tesão e o erotismo para a cena, mas devemos buscar o equilíbrio para o foco ser na imersão das sensações. Palavras muito técnicas para descrever o sexo, como “coito”, “pênis” e “canal vaginal” devem ser evitadas.

Sensações em contos de sexo

As sensações talvez sejam uma das coisas mais importantes do seu texto. Use como guia os cinco sentidos: tato, olfato, paladar, visão e audição. Quando você acabar de escrever, releia e veja se você usou todos os sentidos no seu texto.

Outro exercício interessante, principalmente para explorar seu lado sensorial, é pegar um objeto, como uma maçã, caneta ou papel e a partir da sua própria experiência sensorial com o objeto, descrever o que você sente ao usá-lo.

Exemplo:

“Redonda, vermelha e gelada, eu segurava a maçã e mordiscava com força, quebrando a sua casca e sentindo o seu suco escorrer entre os meus lábios. Eu amava aquele sabor doce, suave, nostálgico." 

Traga realismo para seus contos eróticos

Mesmo que seja uma história ficcional, é sempre bom trazer elementos reais para ser verossímil e trazer uma identificação imediata. Não importa: pode ser um conto sobre sexo com um alienígena em uma nave espacial, e mesmo assim, o toque de realidade e de experiência pessoal vai fazer toda a diferença para a narrativa. 

Você pode se inspirar em experiências que você já viveu e trazer essa realidade para a história. Lembranças, toques, encontros. Reative sua memória sexual. Escreva contos de sexo.

Ache o ritmo em suas histórias

Como no sexo, os contos eróticos tem um ritmo. Seja um conto erótico para mulheres, um conto erótico para homens ou um conto erótico LGBTQIA+. O ideal é você começar devagar, usando metáforas, descrevendo a personagem e o cenário, até começar com a interação sexual. Aos poucos, vá criando uma tensão sexual, a hesitação, a antecipação - até chegar no ato sexual e no clímax.  

Nos envolva nessa experiência do conto erótico: como esse personagem interage com outro? Ou sozinho? Quais as sensações físicas que ela tem ao começar a se sentir excitada? Fica arrepiada, os seios enrijecem?  Achar o ritmo é como dançar tango: devagar, rápido, certeiro. 

 

Clique e conheça o Bullet Lilit - seu (novo) primeiro vibrador. 

Conhece nosso kit FEEL IT? Compre agora os três produtos citados no artigo com 25% de desconto

Deixe o seu comentário

Todos os comentários são revisados antes da publicação.

Comprar

O QUE ELAS DIZEM SOBRE O BULLET LILIT?

Entrega super rápida, embalagem cuidadosamente produzida, um cheirinho delicioso e um produto surpreende, já tive outros vibradores, mas nenhum com esse cuidado no acabamento, uma textura delicada, simplesmente PERFEITO! Já sou fã de carteirinha, até comprei um para minha melhor amiga.

Avaliação Anônima